Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

O mundo real do administrador de banco de dados. Para entender a função atual do DBA e a forma como ocorrem as mudanças dessa função, a Quest contratou a Unisphere Research.

O MUNDO REAL DO ADMINISTRADOR DE BANCO DE DADOS.

Administrador de banco de dados – Função do DBA.

No mundo da TI, talvez não exista nada mais empolgante do que a introdução de tecnologias radicalmente novas.

Hoje, a área de gerenciamento de informações pode estar à beira de um desses momentos.

Os últimos 10 anos foram a era dourada da criação e captura de uma avalanche virtual de novos tipos e quantidades de dados. Com o crescimento da cloud computing e de tecnologias associadas de armazenamento, mídias sociais, produção de vídeos de baixo custo e outras novas tecnologias interessantes, as empresas ganharam acesso a uma abundância de novos tipos de dados.

Esses desenvolvimentos levaram a novas formas de pensar sobre os dados. Abordagens como as que o Hadoop e o NoSQL representam indicam o caminho para um mundo pós-dados estruturados.

Conceitos como o dos lagos de dados tornaram possível agrupar quantidades enormes de dados muito variados, que podem ser acessados e analisados quando necessário. A ideia é analisar esses dados melhor, mais rapidamente e de forma menos dispendiosa a partir de conjuntos de dados muito maiores para evoluir em tudo, da detecção de fraudes à análise preditiva.

A capacidade de capturar, armazenar, recuperar, analisar e salvar dados de novas maneiras tem o potencial de criar novos insights e novas formas de fazer negócios.

Administrador de banco de dados – Função do DBA.

Se saber é poder, parafraseando um antigo ditado, mais conhecimento pode gerar mais poder.

Mais informações podem guiar empresas em direção a um maior sucesso nos negócios.

Mas o foco nesses novos desenvolvimentos do gerenciamento de informações não deve ofuscar o fato de que os dados estruturados em bancos de dados relacionais ainda fornecem a base da infraestrutura de informação de muitas empresas, senão da maioria, e continuarão fornecendo para muitas organizações no futuro.

As maneiras como as empresas podem explorar os dados estruturados estão longe de terem se exaurido.

Os administradores de bancos de dados (DBAs) ainda estão na linha de frente das equipes de gerenciamento de dados na maioria das empresas.

Para entender a função atual do DBA e a forma como ocorrem as mudanças dessa função, a Quest contratou a Unisphere Research, uma divisão da Information Today, Inc., para conduzir uma pesquisa com administradores de bancos de dados e outros funcionários encarregados do gerenciamento de dados corporativos.

Os 300 participantes vieram de uma ampla gama de empresas, em termos de tamanho e setor. Quase dois terços dos participantes vieram de organizações com mais de 1.000 funcionários, e mais de uma dúzia de setores de mercado foi representada.

Um quarto das organizações dos participantes executa mais de 500 bancos de dados. Detalhes sobre o grupo de participantes podem ser encontrados no apêndice.

Administrador de banco de dados – Função do DBA.

Entre as principais constatações, estão as seguintes:

  1. Embora o Hadoop e o NoSQL sejam tecnologias novas e empolgantes, seu uso atualmente é restrito principalmente a grandes empresas. O sistema tradicional de gerenciamento de bancos de dados ainda é a base da infraestrutura de gerenciamento de informações na maioria das organizações.A Oracle e o Microsoft SQL Server são as plataformas mais comuns de suporte a dados críticos
  2. A maioria das empresas acredita que tecnologias “novas” mais familiares, como a virtualização e a cloud computing, terão um impacto maior em suas organizações nos próximos anos do que tecnologias “mais novas” e emergentes, como o Hadoop. Na verdade, o Hadoop e o NoSQL não figuram nos
    planos de muitas empresas para os próximos anos.
  3. As infraestruturas de informação não são estáticas. A maioria das empresas executa vários bancos de dados e está disposta a adicionar novas plataformas de bancos de dados, caso isso seja necessário. O fator motivador mais comum para adicionar um novo sistema de gerenciamento de bancos de dados é a necessidade de oferecer suporte a novos aplicativos analíticos.
  4. A maioria dos DBAs é responsável por várias instâncias de bancos de dados, de vários fornecedores.
  5. Os dados estruturados ainda são a base da infraestrutura de informação na maioria das organizações.
  6. Embora a manutenção e o desempenho sejam as principais responsabilidades da maioria dos DBAs, a segurança é cada vez mais importante em suas agendas. No entanto, os DBAs gastam atualmente menos tempo com problemas de segurança do que com o suporte ao desenvolvimento de
    banco de dados.
  7. O principal desafio dos DBAs é aprender novas tecnologias.
Veja mais a respeito de Administrador de banco de dados – Função do DBA.
1-o-mundo-real-do-administrador-de-banco-de-dados-white-paper-24864
Facebooktwittergoogle_pluslinkedinFacebooktwittergoogle_pluslinkedin